BMW X6 M – UM CARRO ESPORTIVO QUE TOMOU ESTERÓIDES?

Seguindo com as minhas aventuras no BMW M Power Tour de 2016, o outro carro que eu selecionei para andar foi o BMW X6 M. Sim, Fazenda Capuava… SUV… mais de 2 toneladas… motor 4.4, V8, biturbo… Ligue os pontos e comece a compreender a insanidade.

Korncars BMW X6M 2016 2

Sendo bem honesto, eu nunca fui muito fã da proposta de carros como o BMW X6. Você poderia argumentar em prol do design inovador do modelo quando foi lançado, mas é preciso reconhecer que enquanto agradou gregos, troianos torceram o nariz.

Pelo lado prático, o X6 sempre foi um carro com o centro de gravidade alto, mas nunca foi um SUV. O termo correto para designar o carro é SAV – Sport Active Vehicle – seja lá o que isso quer dizer, a proposta sempre foi fazer um carro esportivo “grande” e “alto”.

Como utilitário, então, o X6 sempre foi meio que o elefante na sala, tremendo ao menor sinal de asfaltos irregulares ou aventuras off road. Não que 99% dos proprietários do modelo honestamente se preocupem com isso.

Em termos de espaço interno, o X6 acomoda 4 ocupantes. O porta malas não é lá essas coisas também se levar em conta as dimensões do carro.

Graças a deus, a BMW não tentou vender o X6 de outra forma. O carro tem aptidão estradeira e GT. Não dá para inventar mais do que isso.

Nada mais natural, depois da X5 M, que a BMW se aventurasse e construísse um X6 M. Desde 2015, a BMW está com a segunda geração do X6 M.

ASPECTOS TÉCNICOS

Assim como o BMW M5 e M6, o X6 M faz uso do mesmo motor 4.4, V8, biturbo. O propulsor rende 575 cvs e 76,5 Kgfm de torque. Durante o teste, eu não me recordava sobre a caixa de câmbio do X6 M e fui equivocadamente informado que se tratava de uma caixa M-DCT de 7 marchas. A realidade é que a caixa de câmbio é uma automática de 8 marchas da ZF (isso explicaria algumas coisas mais adiante).

Korncars BMW X6M 2016 Motor

A marca de 0 a 100 km/h é feita em apenas 4,2 segundos e velocidade máxima é de 280 km/h (limitada eletronicamente).

O peso do “mamute” é de 2275 Kgs com fluídos.

Por dentro, o X6M possui todo o luxo e amenidades que o topo da cadeia alimentar ///M merece. Na minha opinião, essa geração da X6M tem uma cabine melhor acabada do que o antigo modelo. Parece utilizar materiais de melhor qualidade e você se sente a bordo de um carro premium.

Korncars BMW X6M 2016 Cabine

É impressionante que mesmo a bordo de um carro com o centro de gravidade tão elevado, ainda assim você consegue encontrar uma ótima posição de dirigir. Coisas típicas de BMW.

Ali perto do câmbio você pode selecionar parâmetros para acelerador, resposta da caixa e suspensão – variando entre conforto e esportividade. Como estávamos indo para a pista, tudo no modo mais focado.

A TOCADA DO X6 M

Korncars BMW X6M 2016 3

A puxada em linha reta é estúpida. Logo ao sair dos boxes, eu flertei agressivamente com o pedal da direta e a combinação de 76,5 Kgfm logo a 2200 rpms com a tração integral e precisão do câmbio garantem uma puxada bem convincente. Nesse instante, sem os controles ligados, tenho certeza que uma M5 estaria desesperadamente procurando por tração.

Estamos na reta do autódromo e o cone de frenagem se aproxima rapidamente. Tendo acabado de andar com o BMW M2, é natural que o efeito memória não lhe permita assimilar que você está em um carro, agora, 700 kgs mais pesado. Passando um pouquinho o cone, resolvo subir nos freios. Obviamente, eu perdi completamente o ponto de tangência ideal daquela primeira curva.

Ainda assim, mesmo tendo feito o traçado errado, fiquei impressionado com a facilidade que o volante da X6 M aponta. É algo que jamais vi em Cayennes ou Mercedes MLs da vida. Outra curva se aproxima e percebo que preciso antecipar a frenagem. Dessa vez, deu para perceber como o X6 M está muito além daquilo que se esperaria em termos de tocada.

Sendo mais suave com o X6 M, ele entrega uma tocada que é muito próxima de um carro esportivo puro. A aceleração nas saídas de curva é uma delícia. O carro brilha mesmo é nessa hora. Porém, merece um honroso elogio a maneira que o X6 M rola pouco mesmo nas mudanças de direção mais fechadas.

Korncars BMW X6M 2016 5

No entanto, nem tudo é perfeito, mas muito do que há de errado é culpa também do trajeto fechado e travado do circuito. Mesmo sendo suave com os freios, não há como esconder que eles não dão muita conta do recado. Notem, foram duas voltas e apesar do carro estar sendo “moído” reiteradas vezes durante o final de semana, você percebe a perda de eficiência do conjunto da primeira para a segunda volta.

Outra coisa é que o X6 M se sente mais em casa em curvas mais abertas. O carro não se sente muito confortável nas mais fechadas. Primeiro, pelo fato do carro em si ser muito grande. Segundo, por causa da direção, que tem o peso certo para o tamanho e força do carro, mas poderia ser uns 20% mais direta.

O câmbio também é excepcional no modo automático. No modo manual, ele permite uma dose bem bacana de interatividade por meio das borboletas no volante, mas o computador corta mais o seu barato. Depois de andar em uma caixa M-DCT no mesmo dia, ficam evidentes as diferenças relativas a caixa automática ZF. Para a pegada esportiva, a primeira é marginalmente melhor do que a segunda por ser mais rápida, “viva” e interativa.

Em condições normais de uso (estradas, dia a dia etc.) algumas dessas críticas realmente importam? Não. Se você está comprando um carro com a pretensão de levá-lo a track days, por óbvio que um X6 M não deve estar no seu cardápio. Como um carro que ficará longe das pistas, eu tenho certeza que o X6 M vai agradar muito.

CONCLUSÃO

Particularmente, eu acredito que esse X6 M é uma grande evolução comparativamente ao antigo modelo. A cabine é um lugar melhor do que na geração anterior em todos os sentidos. Por fora, o X6 M parece um pouquinho mais sútil e menor que o antigo carro.

A tocada não deixa a desejar. Para um carro com mais de duas toneladas, é a melhor da categoria nesse sentido (incluso Cayenne Turbo, Range Rovers etc.). Agora, eu ainda reluto um pouco em encontrar a proposta para o X6 M.

Sabe aquela mulher linda, mas que poderia perder um pouco de peso para o seu gosto para se tornar perfeita? É mais ou menos o que acontece com o X6 M. O carro é excelente all around, mas se você busca dinamismo aliado a praticidade, você poderia comprar um Audi RS6, que certamente vai dar voltas ao redor do BMW. Se você busca um “utilitário” rápido, há SUVs melhores no mercado.

No final, como sempre foi, a compra de um X6 M é e sempre foi emocional. Você compra um carro desses porque aprecia a sua suntuosidade e irracionalidade. É diferente. É “fora da caixa”. Se fosse uma receita que tivesse dado errado, certamente não a veríamos mais.

Korncars BMW X6M 2016 4

Anúncios

9 comentários sobre “BMW X6 M – UM CARRO ESPORTIVO QUE TOMOU ESTERÓIDES?

  1. Parabéns Korn, muito boa avaliação. O X6 M parece realmente ser um carro incrível! Mas minha dúvida é: o carro realmente vale o preço que é vendido?

  2. Parabéns pela avaliação Korn, ficou excelente! Sem dúvidas, o X 6M é um carro incrível! Mas minha dúvida é: X 6M ou Porsche Macan? Ou são carros com propostas diferentes?

    1. Eu vejo como proposta semelhantes. Nenhum deles é incrivelmente utilitário ou prático. O que os diferencia é o tamanho. Em tocada, ambos são interessantes. Dinamicamente, o MACAN é mais afiado. A X6 M é mais grandona e pesada. Em linha reta, a X6 M é mais rápida até mesmo que a MAcan Turbo

  3. Excelente avaliação, mas a nível de comparação (e levando em consideração o seu conhecimento em carros da marca Porsche), visando uma proposta que mescle diversão e uso urbano, BMW X6 M ou Cayenne GTS ?

  4. Korn, e quanto a versão anterior da X6M, o que acha da mesma? Ainda assim, o comparativo que fez ao final com a RS¨6, valeria também para a versão anterior?

  5. Dirigi um M6 de entrada durante o período que trabalhei em embaixadas. V6, berm mais dócil que a versão testada. Mas ainda assim, me impressionou o comportamento do carro, pelo seu tamanho. Não fazia sentido a sensação da figura do carro enorme que acabei de olhar por fora, minutos antes de sentar ao volante pela facilidade com que chegava aos 200 km/h, as saídas de traseira facilmente domadas, alinhando o carro rapidamente na reta, a velocidade de contorno nas curvas… muito impressionante. Depois disso, mais tarde no momento de trabalho, a sensação ao guiar novamente não batia com a dificuldade de manobrar o carro. Foi nesse momento que me dei conta de novo de como o carro era grande e ilógico. É impossível estacionar em uma baliza apertada sem utilizar a câmera de ré, por que simplesmente não existe visibilidade traseira, uma vez alinhado com a vaga, não dá para saber sua distância para o carro de trás.
    O X6 é um carro para emocionar e divertir com conforto. É um carro para impressionar os amigos do clube, ser notado na chegada ao restaurante, chamar atenção em quase qualquer ambiente. Esse é o X6

    1. Não concordo com algumas coisas relatadas . Não acho o acabamento interno do modelo novo melhor que o anterior. Acho que não teve diferença já que nos dois casos o acabamento tem materiais nobres e são muito similares. Não concordo também que tenha concorrentes melhores que o X 6 M . Quando fui comprar o meu tive o cuidado de comparar a arrancada do BMW com o Porshe turbo V8 , Range Rover V8 , Infinity V8 e todos estes comeram poeira do BMW X6M.

Leave a Reply / Deixe Seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s