BMW M3 E92 – O MELHOR ESPORTIVO DO MUNDO?

korncars BMW M3 I

Quem anda acompanhando o site recentemente sabe que eu tive a chance de avaliar o BMW M3 E46 e o seu sucessor, o M3 E92, em um espaço curto de tempo, o que me deu a chance de compará-las em detalhes.

A geração E92 (coupé) do M3 foi lançada no ano de 2007, já como modelo 2008, no Salão de Frankfurt. Logo em seguida, veio a versão conversível (E93) e a sedã (E90). Inicialmente, os mais puristas manifestaram-se negativamente sobre a então lançada nova geração. Em grande parte, a fonte de críticas foi a adoção de um motor V8 no carro.

korncars BMW M3 Sedã

korncars BMW M3 Conversível

Na posição dos tradicionais, por mais que a BMW insistisse em falar que o bloco V8 da recém lançada M3 tivesse o mesmo peso do motor 6 cilindros em linha da geração E46, o carro estava se tornando grande e pesado, fugindo daquilo que foi sua ideia original – ser ágil, arisco, leve e pequeno. Estavam os “puristas” da marca corretos? Sim, mas não pela adoção do bloco V8.

Vamos ao carro!

O BMW M3 E92

Ano passado, publiquei um review aqui no site a respeito do BMW M3 ESS, que é mesmo carro que estamos avaliando agora, mas com um único e exclusivo kit de compressor e muitas outras modificações. Antes disso, meu contato com o M3 E92 foi em meados de 2008.

Inicialmente, o E92 foi lançado com câmbio manual de 6 marchas. Logo depois, veio o câmbio M-DCT de dupla embreagem da marca. Para quem quer se divertir, a opção tem que ser pela caixa manual. Não que o M-DCT não seja animal, aliás, o carro é até mais rápido com essa caixa, mas a configuração de motor dianteiro com tração traseira, é um convite ao pedal da extrema esquerda.

O motor V8 4.0 é capaz de entregar 414 Hps a 8300 rpm e 40 Kgfm de torque a 3900 rpm. A variante coupé, com o teto de fibra de carbono, pesa 1580 Kgs. O sedã, que já tem um teto convencional, 1600 Kgs. O conversível, por sua vez, é o obeso da turma, com 1810 kgs. Isso tudo em peso seco, ou seja, espere mais na realidade.

korncars BMW M3 motor

O 0 a 100 Km/h do M3 E92 com câmbio manual é de 4,9 segundos e a velocidade máxima de 286 Km/h. Com o M-DCT, a primeira marca é feita em 4,5 segundos e a velocidade máxima é praticamente a mesma.

A distribuição de peso, como em todo BMW ///M que se preze, é na ordem 50/50 entre os eixos dianteiro e traseiro.

Honestamente,  se você analisar o M3 baseado simplesmente em números de potência, torque ou desempenho, você jamais irá compreender a dimensão do que é dirigir esse carro.

DENTRO DO BMW M3 E92

Tendo estado a bordo do M3 E46 é praticamente impossível não fazer comparações. A primeira e nítida impressão é que a E92 é um carro maior, por dentro e por fora. A segunda impressão diz respeito a como o BMW M3 tornou-se mais “aconchegante” para o motorista e passageiros. “ACONCHEGANTE”? Mas que tipo de adjetivo é esse para caracterizar um carro da estirpe do M3? Explico!

korncars BMW M3 Interior

O BMW M3 sempre foi um carro esportivo conhecido por dois aspectos essenciais: (i) sua tocada (o “prazer em dirigir”); e (ii) sua versatilidade. O M3 é sem dúvidas é o carro que melhor concilia esportividade e usabilidade que eu já conheci. Arrisco a dizer que esse foi o aspecto que a BMW realmente desenvolveu nesse modelo. Não que o carro não tenha aquele espírito agressivo que o fez famoso, mas não há como negar que o interior do M3 E92 é um lugar muito gostoso de passar horas – é como se implorasse para que o piloto dirija até o combustível acabar.

Os bancos são macios e com uma pegada perfeita para segurar o motorista nas curvas mais fechadas. Há tantas possibilidades de ajustes de altura e distância para os bancos e direção que é impossível não achar a posição perfeita. Os pedais são alinhados perfeitamente e a direção pode ficar bem próxima ao tronco. O câmbio manual fica na distância perfeita do motorista. Não é uma questão de ser alto ou baixo, a BMW quer que você encontre a sua posição. Há espaço de sobra para magros, gordos, altos ou baixos.

O iDrive da BMW M3 E92 de 2008 já é ultrapassado, mas tem todas as funcionalidades que se espera de um carro moderno.

A direção tem pegada “gorda” e o diâmetro é pequeno.

Os bancos traseiros do BMW M3 não suportam pessoas muito grandes atrás, mas é possível levar alguém com 1,75 m com certa dignidade, ainda que por trajetos mais curtos. O porta-malas tem tamanho adequado para carregar pelos menos duas malas grandes.

Em suma, sem andar no M3, você juraria que é um carro de passeio comum! Isso é um grande plus para quem não tem a chance de ter um brinquedo para o final de semana e outro carro para os dias comuns.

O acabamento poderia ser um pouco mais distinto dos modelos mais normais da marca, porém, essa é uma crítica que já é feita há décadas aos carros da linha ///M.

Vamos ao que interessa!

A TOCADA DO BMW M3 E92

O M3 E92 lhe permite regular o modo ///M, aquele botãozinho na direção. Ao entrar no iDrive é possível estabelecer o nível de resposta de acelerador, direção, suspensão e dos controles de estabilidade/tração toda vez que você pressionar o botão ///M. Ao lado esquerdo do câmbio, é possível fazer ajustes manuais por meio de três botões. O botão “Power” regula a forma como a potência é despejada, não havendo potência extra como nos V10 da M5/M6 E60/E63, portanto, ao pressioná-lo, a resposta do acelerador fica mais direta. O “EDC” regula a calibragem dos amortecedores e, uma vez acesas as duas luzes, a suspensão está no modo mais agressivo de pilotagem. O “DSC”, por sua vez, configura o controle de tração e estabilidade – basta apertá-lo e segurar por alguns segundos e estará desligado.

KORNCARS botões M3

A forma como a potência e o torque são entregues no BMW M3 não me deixa mentir: o V8 aspirado precisa ser “ordenhado” para que você sinta as coisas ficarem mais rápidas. Há quem sempre prefira a truculência dos motores sobrealimentados, mas quem realmente aprecia a “tocada”, vai simplesmente se apaixonar pelo bloco do M3 E92.

Tudo começa com pouco torque. Até cerca de 4000 rpms não acontece muita coisa. A primeira marcha do carro é bem curta justamente para ocultar esse aspecto. Porém, acima dessa marca, o motor acorda e ganha vida. A cabine é invadida por um ronco agudo e agressivo do V8, que entona um timbre muito parecido com o V10 aspirado da marca, e o motorista é pressionado contra o banco. Entre 6000 rpms e 8200 rpms o que acontece é simplesmente uma das definições mais práticas do nirvana automobilístico.

Trafegar com o M3 E92 em altos giros é uma daquelas experiências que o entusiasta automobilístico precisa experimentar uma vez na vida. Notem, nesse momento, não cheguei nem a primeira curva!

Quando chega a hora de subir nos freios, a precisão do pedal é magnífica. A frente mergulha um pouquinho, você aponta a direção para o lado desejado e o M3 responde de maneira sublime, direta e precisa.

korncars BMW M3 V

A embreagem, como eu já disse antes, é leve e macia. Muito mais parecida com um carro comum do que com um esportivo. Torna a vida e os punta-taccos ainda mais fáceis. Os engates de marcha são secos, precisos e não requerem muita força do motorista. Apenas creio que o seu curso seja um pouco longo demais. Nada que um short-shifter não resolveria.

A direção, chassi e suspensão conversam perfeitamente entre si. A combinação entre motor dianteiro e tração traseira, cumulados com o câmbio manual, tornam o M3 E92 um dos carros mais fáceis de se jogar de lado que já experimentei. É até um exercício meio imbecil. Difícil controlar a vontade de ficar fazendo isso o tempo inteiro depois que você aprende a dominar o carro. Haja pneu. O carro é realmente muito dócil e fácil de dirigir. Talvez seja o esportivo mais tranquilo que já tenha dirigido na hora de entreter. Em nenhum momento você tem a sensação que o M3 pode lhe machucar. Tudo acontece de maneira muito previsível e linear. Você sabe como o carro vai reagir a todos os instantes e situações. Qualquer um com o mínimo de sensibilidade e habilidade ao volante vai se divertir horrores a bordo do carro.

Então, quer dizer que o M3 E92 é o melhor carro que já dirigi? Não! Nem tudo são flores!

Comparativamente ao M3 E46, o E92 parece maior, mais pesado e letárgico, a ponto de parecer mais lerdo, principalmente em linha reta na primeira e segunda marcha. Nas mudanças de direção, as dimensões avantajadas do carro mais moderno também tiram um pouco daquela agressividade da tocada. Na há como negar que o M3 E46 é um carro mais arisco do que o E92. O E46 é efetivamente um brinquedo de final de semana, do tipo que faz você levantar de madrugada para pegar uma estradinha cheia de curvas. O E92 já é daqueles que você consegue passear e dirigir relaxadamente. O E46 implora para ser “pisado”, enquanto que o E92 já é um carro mais refinado, com perfil GT.

Em última instância, o motorista está mais desconectado do carro no E92 comparativamente ao E46. As respostas aos comandos do motorista no E46 tem “menos filtros”,pois os comandos de acelerador, embreagem e engates de marcha são mais sensíveis e pesados.

korncars BMW M3 VI

Isso quer dizer que prefiro o E46? Não sei. Depende da proposta. Como único carro, definitivamente eu fico com o E92. É mais confortável, tem mais amenidades, ergonomia, espaço interno e é mais fácil de dirigir, mesmo em condições cotidianas. Como segundo carro, aquele brinquedão de final de semana, acho que o E46 é mais envolvente, mais “faca no pescoço”, mais old school e desafiador, mesmo sendo mais lerdo que o irmão mais novo a partir da terceira marcha.

Se entrarmos em comparação com concorrentes de outras marcas, não há como ignorar a existência da C63 da Mercedes, sobre a qual também escrevi aqui no site. Como sempre disse, louvável o trabalho da Mercedes Benz em dar tanta personalidade e carisma ao C63 AMG. Em linha reta, contra o M3 manual, é notável a diferença de performance em favor da AMG. Os cerca de 40 Hps e 20 Kgfm a mais fazem o Benz ser consideravelmente mais rápido na linha reta. Porém, em termos de puro e simples prazer ao dirigir, bem como refino de tocada, o C63 AMG não está nem ao menos perto do M3.

CONCLUSÃO

Nenhum carro esportivo que eu dirigi na minha vida consegue ser tão versátil como o BMW M3. Ao evoluir o M3 E46, nota-se que a BMW não se preocupou apenas em fazer um carro mais rápido, mas também mais refinado, confortável e usável. O ônus disso tudo é que o M3 E92 é maior, mais pesado e GT que os modelos que o antecederam.

É sem dúvidas um carro que diverte demais depois de um tempo com ele, dirigindo-o fortemente. Não há um aspecto de imprevisibilidade na tocada dele. É um carro delicioso em todos os sentidos. Minha impressão final sobre a performance do M3 E92 é que talvez ele pudesse mais. Sobra muito chassi e suspensão. O motor seria magnífico e perfeito para as dimensões do E92 se tivesse uns 30 a 40 Hps e uns 10 Kgfm de torque a mais.

Eu adoro o BMW M3 e isso nunca foi segredo para quem me conhece. Sonho em ter uma na minha garagem. É um daqueles carros que o apaixonado por carros precisa experimentar e ter por um tempo.

korncars BMW M3 iv

 

 

Anúncios

3 comentários sobre “BMW M3 E92 – O MELHOR ESPORTIVO DO MUNDO?

  1. Ótima avaliação, como sempre. Korn, você já teve a oportunidade de guiar um BMW 1M? Tenho a impressão que a 1M é bem mais arisca que a E92, e tenha menos filtros. Minha duvida é se a 1M chega a ser purista como uma E46.

    Abraço.

  2. Boa tarde, Eng. Korn.
    Venho agradecer as informações técnicas presentes neste artigo. Foram decisivas para mim. Tinha dúvidas na aquisição de meu carro, que quero curtir agora que estou aposentado, como um grande hobby. Havia muitas opções, mas acabei comprando um M3 E92, 2008, câmbio manual, com 40.000 km. A qualidade BMW impressiona, pois mesmo com quase 10 anos o carro está novíssimo. E a máquina então e´ exatamente como descrita no artigo. Acho que vai levar uns 6 meses para eu entender até onde ele pode ir com segurança.
    Muito obrigado pelas dicas e também pelos vídeos do APC, canal em que sou inscrito.
    Att.
    Sérgio Lievore

Leave a Reply / Deixe Seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s