FERRARI F12

 
Com o lançamento da nova Ferrari F12 no horizonte próximo, recentemente a mídia especializada internacional tem começado os primeiros testes da sucessora da Ferrari 599 GTB fiorano.
 
Mas o que significa a Ferrari F12? 
 
Simplesmente o topo da cadeia alimentar da marca italiana. 
 
Os carros V12 da Ferrari tem menos apelo emocional que os seus irmão menores V8, além disso, custam mais e são claramente carros de configuração GT. Na teoria, os carros GT tendem a ser veículos menos afiados e comunicativos, voltados a percorrer longas distâncias em uma condição mais confortável para os seus ocupantes. 
 
A própria Ferrari assume que os seus GTs são carros voltados a um público mais “amadurecido”. São carros maiores, mais espaçosos, confortáveis e pesados, porém, via de regra, mais potentes que seus irmão menores. 
 
Feita esta introdução, vamos falar sobre a Ferrari F12!
 
Motorização
 
A F12 é equipada com um motor 6.3, V12, que produz 730 HP e 509 lb. ft. de torque, tudo despejado nas rodas traseiras, girando até 8250 rpms. Os números de testes divulgados até então indicam que a F12 é capaz de acelerar de 0-100 kmh em 3,1 segundos, de 0-200 kmh em 8,5 segundos e alcançar a velocidade máxima de 339 Km/h. O quarto de milha (400 metros) é percorrido em meros 11,1 segundos. É o suficiente para tornar a F12 o carro de rua mais rápido da história da marca em linha reta. 
 
 
Porém, a Ferrari F12 vai adiante e, segundo a marca, o novo modelo consegue ser, inclusive, mais rápido que a mítica ENZO e a 599 GTO (versão de pista da GTB) na pista de Fiorano (pista de testes da Ferrari). A F12 fez a volta rápida em Fiorano em 1 min. 23 segundos, ou seja, 1 segundo mais rápido que a GTO, 1,9 segundos mais rápido que a ENZO e 3,5 segundos mais rápido que a 599 GTB.
 
 
Estamos realmente falando de um carro GT? Não deveria a F12 ser um carro voltado para um público mais “amadurecido” da marca? Guardem estas perguntas com vocês até o final do texto!
 
Controles Eletrônicos e Equilíbrio do Carro
 
Houve uma época em que tais números de performance em um veículo de tração traseira significariam um carro extremamente arisco e perigoso, mas esse não parece ser o caso com a F12. 
 
As mídias especializadas que testaram o carro têm elogiado o quanto o carro é seguro e controlável, até mesmo para os menos iniciados no volante de carros esportivos. Realidade seja dita, se existe um carro que é vitrine de toda tecnologia que a Ferrari pode oferecer, esse carro tem que ser o modelo mais caro – a F12!
 
Variados modos de condução podem ser selecionados através do famoso manettino no volante – dependendo do modo selecionado, você pode orbitar entre total segurança e conforto ou completa loucura e diversão (não recomendado em vias públicas e para os menos experientes). O manettino implica na hipótese de se regular níveis de controles de estabilidade, tração, resposta dos pedais, direção e regulagem dos amortecedores.
 
Porém, o que se tem dito a respeito da F12 não se limita a resumir a docilidade do modelo à eficiência de tais controles, mas sim em afirmar quão equilibrado o carro é. A Ferrari trabalhou exaustivamente para abaixar o centro de gravidade do veículo, o que inclui o motor instalado em uma posição mais baixa do que na antiga 599, bem como concentração dos componentes mais pesados dentro do entre-eixos do carro. A distribuição de peso da F12 é na relação de 46% sobre o eixo dianteiro e 54% sobre o eixo traseiro, fato este que deve tornar o carro bem previsível e controlável em situações de limite. O conjunto total do veículo pesa 1525 kgs contra os 1688 kgs da antiga 599 GTB. A direção é cerca de 20% mais direta que a do antigo modelo.
Câmbio e Controle de Largada
Assim como os demais modelos atuais da marca, a F12 também é equipada com um câmbio de dupla embreagem de 7 marchas que permite a utilização do famoso controle de largada, equipamento do século XXI que faz qualquer motorista parecer um “super-herói” no volante! Carro morrendo… fritadas de pneu ridículas… isso é coisa dos anos 90, rs.
Acione o botão “launch” no console central, pise no freio e acelere. O giro do motor ficará nas 3000 rpm… solte o freio e seja “catapultado” com toda a força do V12! Não se preocupe em trocar marchas, nesse modo o carro fará isso sozinho em prol da eficiência e desempenho.
 
Praticidade
 
Antigamente, ser dono de um super carro significava aturar sua falta de praticidade diária. Direções e pedais pesados, suspensões duras, bancos desconfortáveis, pouco espaço interno, ar condicionado que não funcionava direito, entre outros “mimos”, especialmente quando o carro era de origem italiana. 
 
Essa é uma memória remota do que um dia foi ter um carro super esportivo. A F12 não guarda a menor semelhança com essa era! Sim, ela é confortável, espaçosa, SILENCIOSA (não sei até quando isso é bom quando o assunto é Ferrari), bem acabada, com todos os mimos possíveis e permite que o condutor fique horas dirigindo sem o menor sinal de cansaço, afinal, é um GT. 
 
 
Design
 
Bem, este é um aspecto inteiramente subjetivo, mas se você me perguntar, eu achei o visual da F12 simplesmente sublime. É simples, é linda e agrada aos olhos. Obviamente, falta aquele radicalismo da 458, mas, lembremos, no papel, o público alvo é outro!
 
 
Ronco
 
Neste aspecto, eu sou um saudosista. Ferrari, não importa qual seja, sempre terá um ronco magnífico, mas acho que quando o assunto é a orquestra produzida, a Ferrari ainda não conseguiu superar a sinfonia produzida pela F355, Challenge Stradale e Scuderia. 
 
Ok, novamente, a questão do público alvo deve ser levada em conta, porém, dos reviews internacionais sobre o carro, os elogios sobre o ronco da F12 são muito mais um resultado do simples fato de ser uma Ferrari do que propriamente em virtude do som produzido.
 
O TOP GEAR resume muito bem esse ponto específico ao dizer que a F12 soa incrível, especialmente nas reduzidas, mas não é perfeita neste ponto, pois poderia produzir um ronco mais Ferrari-ish.
 
 
Confiabilidade
 
É de notório conhecimento que a Ferrari passou por alguns apuros com seus lançamentos mais recentes, haja vista o número de “combustões instantâneas” sofridas por algumas 458 e FF pelo mundo todo. Dessa vez, a Ferrari está disposta a “apagar” este problema!
 
A Ferrari está prometendo 7 anos de garantia e manutenção grátis… Ou seja, devem estar confiantes que a F12 será o carro mais confiável da história da marca. Se isto se aplicar para os veículos vendidos no Brasil, será sensacional, especialmente tendo em vista que Ferraris tendem a ser carros de manutenção caríssima.
 
 
CONCLUSÃO
 
Se você leu até aqui, muito provavelmente você deve ter chegado a conclusão de que a F12 é praticamente a perfeição em termos de carros esportivos, certo? Era um carro que deveria ser voltado para um público mais amadurecido, que usa mais o carro, inclusive em situações de dia-a-dia, mas, por outro lado, é o carro de rua mais rápido da história da marca!  É um carro que muito provavelmente faz tudo o que se propõe a fazer de maneira impecável… mas… até quando isso é bom em todos os sentidos?
 
Não defendo os defeitos das gerações anteriores de carros esportivos, porém, defendo contundentemente suas virtudes. Entrar em uma Ferrari é mais do que dirigir um carro, é quase que um ritual! A Ferrari não vende carros, vende emoções! Nesse aspecto, eu acredito que a Ferrari está perdendo a mão!
 
Obviamente que quem comprar a F12 terá um pedaço da história do automóvel nas mão e muito possivelmente a Ferrari mais EFICIENTE que o dinheiro pode comprar, mas acho que está longe de ser um carro que terá uma alma eternizada! Tomara que eu esteja errado!
 
Até agora, as informações que eu tenho indicam que o carro deverá ser precificado em nosso país em algo entre R$ 3 – 3,5 milhões e deve chegar no segundo semestre de 2013. Para quem puder  dispor desta quantia, não tenho dúvidas que será um excelente produto!
 
Anúncios

Leave a Reply / Deixe Seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s