Notícias sobre carros esportivos II

1. Primeiras impressões – Nova BMW M6



LINK: http://www.autocar.co.uk/car-review/bmw/6-series/first-drives/first-drive-review-bmw-m6-coupe


A AUTOCAR UK teve a chance de dar uma volta na nova geração do BMW M6. A nova geração, assim como a anterior, é equipada com o mesmo motor da irmã familiar M5  – dessa vez, um V8, bi-turbo, que produz 552 HPs. Além disso, o carro vem equipado com câmbio de dupla embreagem, que substituiu o antigo SMG III, câmbio semi-automatizado da antiga geração do carro, notório pela agressividade e trancos. A nova geração pesa 1850 Kgs, ou seja, mais pesada que a antiga M6.


Em geral, achei o teste sem muita profundidade, mas pude perceber uma crítica em termos de perda da sensação ao volante. Vamos ver se isso se confirma mesmo. Vejam bem, BMW transpira prazer ao dirigir, sem isso, é um BMW sem alma. Vamos torcer.


2. Primeiras impressões – Nova Porsche Cayenne GTS



LINK: http://www.autocar.co.uk/car-review/porsche/cayenne/first-drives/first-drive-review-porsche-cayenne-gts


Eis um carro que sempre surpreende positivamente. Impressionante como a Porsche tem debaixo do nariz tudo que é necessário para fazer o melhor SUV esportivo da história – Uma CAYENNE GTS com o motor da Turbo. Pena que ainda insiste na idéia do GTS aspirado, como uma versão abaixo da turbo.


A primeira geração do modelo será objeto de um post exclusivo oportunamente, já que esse veículo eu conheço bem!


Quanto ao novo modelo, continua, assim como na versão antiga, o Cayenne com a melhor dirigibilidade, especialmente se você é daqueles que ignora as dimensões do SUV na hora de dirigir. Dessa vez, o novo Cayenne GTS produz 414 HP a 6500 rpm, com torque de 380 lbft. de torque a 3500 rpm, tudo isso junto com uma caixa automática de 8 marchas (não, não é PDK – câmbio de dupla embreagem da Porsche). Tudo isso em um SUV que pesa 2.085 Kgs. Agora, não pense que esse números se traduzem em uma performance em linha reta próxima da versão turbo. Ainda não foi dessa vez.


Entre as melhorias do modelo em relação aos demais modelos abaixo estão: (i) o carro fica permanentemente 24 cm mais baixo que o modelo S (bom em termos de centro de gravidade, que agora fica mais próximo ao solo); e (ii) a possibilidade de colocar como opcional o sistema anti-rolagem de carroceria da Porsche – o PDCC, entre outras inúmeras melhorias em termos de chassi em relação ao modelo standard. 


Continua presente a possibilidade de selecionar diferentes modos de condução Comfort, Standard e Sport, que regulam, dentre outras coisas, rigidez do chassi, curso da suspensão e velocidade de resposta do câmbio e acelerador.


Em suma, tem tudo para continuar a ser o melhor SUV em termos de dirigibilidade da história, mas ainda falta aquela “fome de asfalto” da versão turbinada.


3. Primeiras impressões – Nova BMW 125i.



LINK: http://www.autocar.co.uk/car-review/bmw/1-series/first-drives/first-drive-review-bmw-125i


A AUTOCAR Britânica testou o recém lançado BMW 125i, o modelo intermediário da série 1 a gasolina. Para referência, este deve ser o modelo responsável por ocupar a lacuna da antiga BMW 130i aqui no mercado brasileiro. Agora, no entanto, o motor é 2.0, bi-turbo, 4 cilindros. A potência do conjunto é de cerca de 218 HPs e com torque de 228 lbft. entre 1350 – 4800 rpm. Adeus ao bom e velho in-line six  da BMW!


Em termos gerais, o carro representa um grande incremento de qualidade no acabamento em relação aos modelos de entrada da nova série 1. A entrega de força, de acordo com a AUTOCAR, é feita de maneira suave e linear. Como sempre, muitos elogios a peso dos pedais, posição de dirigir, resposta da direção e balanço geral do carro. De fato, continua um carro muito bom de dirigir. Porém, sente-se falta daquela nota grave metálico dos antigos 6 cilindros em linha da marca.


De acordo com os números divulgados pela AUTOCAR, o 0-100 kmh é feito em 6,5 segundos e a velocidade final muito próximo dos 250 kmh. Curiosamente, o carro testado tinha câmbio manual de 6 marchas – não foi dessa vez que vimos a combinação do novo motor 4 cilindros bi-turbo com números de potência razoáveis combinado com o novo steptronic de 7 marchas da BMW.


Anúncios

Leave a Reply / Deixe Seu Comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s